Primeiras impressões sobre a França

20170529_163623 cut

boubou (vestido masculino)

Nestes primeiros dias, quando tivemos a oportunidade de conhecer rapidamente as regiões de Antony e Paris, a primeira impressão, baseada nos tipos de roupas vistos nas ruas, é que aqui na França há pessoas do mundo todo!

Africanas com turbantes coloridos, mulheres árabes com lenços cobrindo toda a cabeça são vistas constantemente. Aos poucos, homens africanos com chapeuzinhos e vestes que lembram vestidos também circulam com alguma frequência. Burcas são pouco comuns, mas esporadicamente aparecem. Contudo, os homens árabes não se destacam tão facilmente, uma vez que não usam trajes e adereços típicos.

20170529_162758 cut

Icharb (lenço / echarpe)

Apesar de o pessoal exótico destacar-se, a grande maioria veste-se de modo que pode ser chamado de genérico e confortável, com jeans, vestidos, casacos, tênis, botas, sapatilhas e sandálias, tanto em Antony, quanto em Paris.

Então, não se preocupe! Paris pode ser chamada de uma das quatro capitais da moda, mas qualquer tipo de roupa que você usar aqui, você estará bem.

Essa sensação de pluralidade é afirmada, num segundo momento, quando se começa a prestar atenção nas muitas línguas faladas nas ruas, pois, apesar de muitas soarem estranhas e indistinguíveis ao ouvido do brasileiro, o inglês, o espanhol e o português são amplamente presenciados em Paris.

A segunda impressão é que há uma imensa preocupação com o verde.

As áreas verdes ligam-se umas às outras, mesmo em espaços urbanos, sejam por imensos parques, praças e quarteirões inteiros, como pequenos canteiros públicos, jardins residenciais, tetos e paredes de imóveis, sacadas de prédios ou vasinhos nas janelas. Onde se vê de tudo, de flores com tamanhos e coloridos mais diversos, até árvores gigantescas.

A terceira coisa observada é decorrência da primeira: obviamente, num lugar multilingual, pessoas que falam línguas diferentes também têm que se comunicarem entre si, e desse modo, há um esforço generalizado de comunicação, em qualquer língua, não somente em francês.

Quando ocorre de você não dominar o idioma francês, a situação mais comum é de o falante de francês tentar o inglês, contudo, em várias situações encontramos portugueses e brasileiros trabalhando aqui, e uma terceira opção, não tão comum, o espanhol é sugerido.

Ou seja, se você ouviu que na França só se fala francês, bem, está informação pode não se referir ao contexto atual. Principalmente quando se trata de pontos turísticos e restaurantes, onde folhetos e cardápios são ofertados em várias línguas.

A quarta impressão é que as pessoas aqui são extremamente gentis. Obviamente há uma exceção ou outra, mas de modo geral as pessoas sempre recebem umas as outras como um bonjour caloroso e com um largo sorriso no rosto, por qualquer um, em quase todas as situações. Também, entre outras coisas, essa sensação é afirmada numa vontade aparentemente genuína de colaboração com o próximo, demonstrada pelos franceses e estrangeiros que vivem aqui.

A quinta impressão é que na França tudo é longe e se deve andar muito ou ter um carro. Realmente longas distâncias são deslocadas constantemente, mas esse tema merece uma abordagem mais detalhada, assim sendo, será abordado numa postagem futura, e a sexta impressão, que também ganhará um post único, é que o metrô da França é excelente, mas muito complexo.

A sétima e última impressão, observada logo nas primeiras horas estando na França, é que aqui tudo é feito com qualidade e para durar. Sejam as coisas mais triviais como o sistema de distribuição de rede elétrica, as bocas de lobos, os pontos de ônibus, as lixeiras ou as estações de metrô.

O que só me resta concluir este post com uma frase: COPIA BRASIL!

ps: todas as fotos desta postagem foram tiradas num período de tempo inferior há 10 minutos.

Anúncios

3 comentários sobre “Primeiras impressões sobre a França

    • O tempo aqui varia muito, um dia está muito quente, no outro muito frio. Mas as pessoas parece não se importarem com a variação do clima, ando nas ruas com casacos no calor, sem blusa de frio no frio, e parecem não ligarem muito menos para a nossa famosa chuva molha bobo! Andam tranquilas na rua sem guarda chuva ou capa, com chuva de fina à média.

      Abraço,

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s