Entendendo o Louvre

Vai pela primeira vez ao Louvre? Então você deve ler isto…

O Museu do Louvre não precisa de apresentação. Todos sabem que ele é gigantesco e que não dá para percorrê-lo num único dia. Também, há uma infinidade de fotos dele na internet tiradas pelos seus milhões de visitantes anuais, além da mídia especializada. Porém, esses fatos são fragmentos da realidade e não corroboram para se construir uma imagem mental de um todo e somente quando se bate os olhos nele é que se percebe que ele passa de um museu.

O que todos chamam de Louvre trata-se de um complexo composto por várias estruturas, sendo elas o prédio (ou Museu), as Pirâmides, a praça da Cour Carrée, o Arco do Triunfo, o Carrousel e o Jardim.

complexo do louvre

O prédio que abriga o Museu do Louvre destaca-se como uma estrutura de alvenaria que cerca quase todo o complexo e que sua imensidão não pode ser registrada por fotografia. Assim sendo, segue abaixo um desenho extraído do guia que é fornecido no local e no site oficial. Esse Prédio também tem outras utilidades além do museu, como escolas e instituições. A parte externa do prédio é repleta de detalhes e esculturas. Uma volta completa de reconhecimento pode demandar mais de horas.

louvre-mapa-informacao

 

Já a parte interna, ou o Museu propriamente dito, tem cinco andares ou níveis (-2, -1, 1, 2 e o 0 que é o térreo), com mais de 70.000 m². O acesso principal é pela Grande Pirâmide, mas também é permitido por outras entradas localizas no prédio. A entrada custa 17 Euros. O bilhete pode e deve ser adquirido antecipadamente pelo site oficial http://www.louvre.fr, pois o risco dos bilhetes se esgotarem é muito grande e a fila com o bilhete é de acesso rápido . O horário de funcionamento é das 09:00 às 18:00, mas há variações em alguns dias da semana e períodos do ano, então é sempre bom confirmar.

As Pirâmides são a Grande Pirâmide e a Pirâmide Invertida. A Grande Pirâmide do Louvre é cercada por três pirâmides menores e fontes d’água, localizada no centro do prédio, é a entrada principal para o Museu. Provavelmente por ter acesso gratuito, é o ponto favorito dos turistas para o registro fotográfico de sua passagem pela área, mas para entrar na Grande Pirâmide é exigido o ingresso para o Louvre ou o adquirir no local. Já a Pirâmide Invertida está localizada no interior do Carroussel do Louvre e sua base, que é na verdade a parte de cima, passa despercebida pela maioria das pessoas por estar escondida entre arbustos numa rotatória localizada entre o Arco e a Grande Pirâmide. O acesso é gratuito pelo Carrousel.

 

 

A Praça da Cour Carrée está localizada no centro da Ala de mesmo nome e basicamente é composta por uma fonte.  O acesso ao público é gratuito e pode ser realizado pelas ruas que cercam a Ala Cour Carrée  ou pela praça da Grande Pirâmide.

Praca da Cour Carree

O Arco do Triunfo do Louvre é um monumento muito suntuoso. Apesar de ser bem menor que o Arco do Triunfo, possuí seu próprio charme com vários detalhes artísticos.

arco do triunfo do louvre

O Carrousel do Louvre é um shopping center localizado abaixo do complexo do Louvre. Sua entrada é gratuita e se dá por uma passagem da área central  do complexo para a Rua Rivoli, uma passagem no prédio pra quem está de costas para a Grande Pirâmide, à direita da base da Pirâmide Invertida. Por ser um centro comercial, tem o horário diferenciado ao horário do museu e tudo que se espera de um shopping: praça de alimentação e muitas lojas, além de gifts shops. Pelo Carrousel também dá pra chegar à entrada do Louvre embaixo da Grande Pirâmide.

O Jardim do complexo do Louvre é chamado de Jardim das Tulheiras. Ele começa onde o prédio acaba. É uma área enorme composta por duas fontes, algumas esculturas e muito verde e flores.

 

 

DCIM109GOPRO

Medalhão Arago

Também, apesar de não fazerem parte da estrutura do Louvre, há outros atrativos nas redondezas, como as lojas de lembrancinhas populares, antiquários, a Igreja de São Germano de Auxerre e o Museu Eugène-Delacroix, sendo que para este a entrada é gratuita para quem tem o ingresso do dia do Museu do Louvre.

Então, como há muita coisa para ser vista no complexo do Louvre, ao planejar sua viagem a Paris, uma boa ideia é deixar um dia somente para as coisas exteriores ao Museu. Por menores que eles sejam, você não vai querer ir embora sem ver nenhum dos Brasões Arago, vai?!

 

Anúncios

2 comentários sobre “Entendendo o Louvre

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s