Com o decorrer do lançamento dos trailers, pôsteres e demais material promocional de Missão Impossível Efeito Fallout ficou muito evidente que Paris seria o cenário de boa parte do filme.

Fallout é o sexto filme da série Missão Impossível e está sendo um sucesso de público e de crítica, e, somente com duas semanas nos cinemas, já arrecadou de bilheteria mais do triplo do que foi gasto na realização dele.

Mas não somente os envolvidos estão felizes com o montão de dinheiro que o filme está fazendo! Muita gente ficou muito feliz com a produção do filme em Paris.

Um terço do filme e a maioria das cenas de ação se passam na Cidade.

Para isso, nos meses de abril e maio de 2017 Tom Cruise e Henry Cavill (o atual Superman), mais uma grande equipe entre atores, produtores e diretor estiveram em Paris rodando muitas cenas de Fallout, o que gerou uma boa renda para muitos parisienses, hotelaria e empresas.

Novamente mais dinheiro foi injetado em Paris em 12 de julho de 2018 por causa do filme, quando quase todos os atores e diretor retornaram para um mega evento de pré-estreia, em Trocadero, onde muitas pessoas da mídia internacional puderam entrevistar as estrelas em frente à Torre Eiffel e alguns fãs privilegiados puderam ver e até interagir com os ídolos.

Como nunca dá para agradar todo mundo, obviamente muitos parisienses não ficaram satisfeitos com o poder que foi dado (ou vendido) à produção do filme, uma vez que muitas ruas, as vezes quarteirões inteiros e até mesmo a praça do Arco do Triunfo foram fechados ao trânsito de pedestres e veículos para que as cenas do filme fossem rodadas.

Contudo, muitos fãs, curiosos e mídia local tiveram a oportunidade de acompanhar de perto tudo o que estava acontecendo. Há um acervo gigantesco na internet de todas as locações do filme em Paris.

E é isso que faz de Missão Impossível Efeito Fallout um filme tão especial! Provavelmente na história cinematográfica americana nunca se pode acompanhar tão de perto e registrar por terceiros uma grande produção.

Numa época em que a maioria dos filmes americanos são rodados em estúdio, com atores atuando em cenários pelados, somente com fundos verdes e tudo o mais é construído digitalmente em pós-produção, e em muitos casos até as roupas ou parte delas são digitais, como a capa do Superman nos últimos filmes, ter um filme rodado a céu aberto e em área urbana e fora dos Estados Unidos é muito exceção a tudo.

Com tanta exposição, algo que ficou provado é que Tom Cruise realmente faz as próprias cenas de ação, ou pelo menos fez as que foram gravadas em Paris, se arriscando ao pilotar moto sem capacete, correndo para todo lado com os seus 54 anos (agora com 56). Dispensando dublês, algo que ele sempre alegou fazer.

Indo um pouco mais além, pois não se passaram em Paris, aparentemente era ele mesmo que estava pilotando o helicóptero na cena final e também estava correndo e pulando em tetos de prédios em Londres.

Não dá pra imaginar o quanto que a seguradora cobra pra cobrir o seguro de vida dele…

Voltando a Paris…

Assistindo os trailers e o filme, percebe-se que uma coisa ou outra estão diferentes de um para outro. Vendo o filme e tendo algum conhecimento sobre Paris, percebe-se que a geografia não foi muito respeitada. Mas é indo nos lugares onde as cenas foram gravadas é que se diverte muito com a mágica que fizeram para chegar no resultado mostrado nos cinemas!

E foi isso que os Amorecos fizeram!

Inicialmente, nós queríamos fazer o roteiro de Fallout em Paris, então após assistir ao filme, nós andamos por dois dias pela Cidade, tentando identificar os lugares onde foram gravadas as cenas de Missão Impossível e chegamos à conclusão que isso seria uma missão muito impossível de se concretizar… uma vez que a Paris do filme não é bem a Paris do mundo real…

Então, possuídos pelos espíritos do Sherlock Holmes e do Watson, assistimos ao filme novamente, fizemos muita pesquisa na internet, voltamos mais dois dias em Paris para tentar desvendar como chegaram as cenas que aparecem do filme.

Assim, finalmente chegamos a conclusões plausíveis sobre todas as cenas que mostram Paris no filme e registramos tudo no vídeo que está no Canal do Amorecos na Zoropa:

 

Todos os grandes pontos turísticos aparecem pelo menos uma vez em Fallout, mas são nas ruas, com Tom Cruise rindo e acenando para o público, que muitas das cenas foram rodadas. Então, é muito viável refazer o roteiro do filme em Paris, e sem gastar nada!

Depois desse trabalho todo que os Amorecos tiveram para desvendar o que aconteceu com a geografia de Paris no filme, chegamos a várias conclusões.

Primeiramente é que a Paris do filme é mais bonita! Mais clean! A Paris que presenciamos tem umas partes bem sujas (e até fedidas), de muitas muitas obras, além de muita gente…

Depois, apesar de algumas cenas serem rodadas em lugares bem movimentados, como o Arco do Triunfo e Avenida da Ópera, muitas outras foram gravadas em lugares bem mais tranquilos e que não seria relevante para a cena fechar um lugar muito movimentado como a região da Bastilha somente para fazer uma cena do Tom Cruise correndo para entrar no Canal Saint-Martin.

Também, nesse sentido, aproveitaram lugares que já estavam fechados e rodaram cenas distintas, tentando parecer que são lugares diferentes.

De modo geral é muito comum nos filmes terem cortes entre uma cena ou outra, deixando implícito que algo aconteceu no meio do caminho, e se o Tom Cruise tele transporta de uma margem do Sena para outra, ou está indo em uma direção e aparece em um lugar oposto, não faz diferença para a trama do filme, é só mais uma licença poética… ou cinematográfica… ou geográfica…

Outra coisa que é muito comum em Hollywood é trailer ter cena diferente ou cena que não aparece no filme, uma vez que pode ocorrer de quem edita o trailer ser diferente de quem edita o filme. Se no trailer mostra Henry Cavill chegando a Trocadero e no filme mostra ele saindo, só é mais uma curiosidade, que um erro propriamente dito. E se no trailer aparecem três helicópteros e no filme só dois, isso não foi em Paris, então não conta…

Também é extremamente comum cenas serem gravadas e não serem aproveitadas em filmes. E no caso de Fallout pelo menos uma com certeza foi cortada, pois há muitos registros na internet de Tom Cruise e Henry Cavill se encontrando em motocicletas no Parque Monceau, perto do Arco do Triunfo, mas nenhuma imagem do Parque é mostrada no filme.

A única cena que acreditamos que foi mal editada e gera incoerência é a cena que o helicóptero sobrevoa Paris, pois ele começa fazendo um trajeto de oeste a leste, mostrando a Torre Eiffel, depois os Jardins das Tulheiras, então troca e ele está indo de leste para oeste, mostrando o fundo da Catedral de Notre Dame, mas ele pousa ao leste, dando a sensação que foi, voltou e tornou a ir…

Concluindo, mesmo com as escorregadas na geografia, o filme Missão Impossível Fallout vale à pena ser visto por quem tem qualquer interesse em Paris.

Se você não está nem aí para Paris, vale ver o filme assim mesmo pois ele é um excelente filme de ação, a história é boa, a trama é bem amarrada, o elenco foi bem escolhido: há atores e atrizes fantásticos, três gerações de galãs, as mulheres mandam bem, não são somente bonitas…

E mesmo que você não goste do Tom Cruise, aí sim deve assista ao filme! Ele apanha muito e quebrou o tornozelo gravando uma cena. Dá para ver a hora que ocorreu e não consegue segurar a dor ao correr…

E, apesar de ter sido anunciado como o último filme da série provavelmente terá mais algum, ou alguns outros, uma vez que todos devem estar bastante animados com o dindim que tem feito.

Assim, fica a dica dos Amorecos! Está com saudade de Paris? Tem planos de vir a Paris? Assista Missão Impossível Fallout! E até o próximo roteiro de filme que se passa em Paris!

 

*-*

Curiosidade:

Também vale a pena ver o filme para dar uma checada no bigode do Henry Cavill! Sim! O Bigode! Pois nunca um simples bigode deu tanto o que falar e saiu tão caro!

O que aconteceu é que o ator tinha contrato para fazer os filmes Liga da Justiça (2017) e Fallout, de estúdios diferentes. Ele já tinha concluído as filmagens do filme da Liga como Superman, então deixou a barba crescer para fazer o personagem Walker em Fallout, mas quando as gravações deste já estavam acontecendo, ele teve que ir gravar uma cena como Supeman, que não tem barba nem bigode, mas Cavill foi liberado somente para gravar a cena, não para raspar a barba, uma vez que as filmagens de Fallout iriam parar por umas três semanas somente para deixar crescer o bigode de Cavill. Então a produção da Liga teve que remover o bigode digitalmente, e deu no que deu, além de ter custado 3 milhões de dólares para fazer o “defeito” especial.

Amorecos na Zoropa
Cavill como Superman
Amorecos na Zoropa
Cavill como Walker em Fallout
Amorecos na Zoropa
Cavill como Superman com o bigode removido digitalmente
Amorecos na Zoropa
Cavill fazendo graça da história do bigode em uma das entrevista de Fallout

 

Ele até publicou um vídeo satirizando o bigode:

 

Leia também:

Roteiro completíssimo de Amélie Poulain (ou quase)

Anúncios

Publicado por amorecosnazoropa

Marzo Jr & Alexsandra, conhecidos carinhosamente pelos amigos e familiares como os "Amorecos", registram o dia a dia na França / Zoropa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: